Agente Extintor – Gás Inerte

Gás Inerte

É todo gás que não alimenta uma combustão, agindo na redução do comburente (oxigênio) a níveis abaixo de 16%.

Gás carbônico (CO2)*

Por ser o CO2 um gás inerte, ele é empregado como agente extintor por abafamento, criando, ao redor do corpo em chamas, uma atmosfera rica em CO2 e, por conseguinte, pobre em oxigênio.

O CO2 é também um gás mal condutor de eletricidade e, por isso, é especialmente indicado para incêndios classe “C”. Na Marinha, atualmente, o CO2 é o agente extintor por excelência para extintores portáteis, sendo empregado em incêndios das classes “B” e “C”.

O CO2 é um agente limpo que pode ser configurado com sistemas de alta ou baixa pressão. O sistema de baixa pressão é recomendado para aplicações onde são necessárias grandes quantidades de CO2. O sistema de alta pressão é recomendado para perigos menores ou onde espaço é limitado.

Cuidados:

–   Pode causar acidentes por asfixia quando utilizado em ambientes fechados e sem ventilação.

–   Pode causar queimaduras na pele e principalmente nos olhos, em face de sua baixa temperatura, se dirigido a curta distância sobre o pessoal.

–   A descarga das ampolas de CO2 pode dar origem à formação de cargas de eletricidade estática. Não é indicada, portanto, a utilização das ampolas de CO2 para saturação de ambientes onde existam misturas inflamáveis, mas apenas para combate a incêndios já em evolução.

Curiosidade:

O dióxido de carbono (também conhecido como anidrido carbônico e gás carbônico)  é um composto químico constituído por dois átomos de oxigênio e um átomo de carbono. A representação química é CO2. O dióxido de carbono foi descoberto pelo escocês Joseph Black em 1754.

DantasNet

Em Breve...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *