Classificação dos Incêndios

Os incêndios são classificados de acordo com os materiais neles  envolvidos, bem como a situação em que se encontram. Essa classificação é feita para determinar o agente extintor adequado para o tipo de incêndio específico.

Com a finalidade de  facilitar a seleção dos agentes e os melhores métodos de combate a um  incêndio, optou-se por dividi-los em quatro classes principais, a saber:

Incêndio Classe A - Deixam resíduos
Incêndio Classe A – Deixam resíduos

Classe “A” são os que se verificam em materiais fibrosos ou sólidos,  caracterizado pelas cinzas e brasas que deixam como resíduos e por queimar em razão do seu volume, isto é, a queima se dá na superfície e em profundidade.

São os incêndios em madeira, papel, tecidos, borracha e na maioria dos plásticos.

Classe B - Em líquidos Inflamáveis
Classe B – Em líquidos Inflamáveis

Classe “B” são os que se verificam em líquidos inflamáveis (óleo, querosene, gasolina, tintas, álcool etc.) e também em graxas e gases inflamáveis.

É caracterizado por não deixar resíduos e queimar apenas na superfície exposta e não em profundidade.

Classe C - Materiais Elétricos Energizados
Classe C – Materiais Elétricos Energizados

Classe “C” são Incêndio envolvendo equipamentos  e instalações elétricas, enquanto a energia  estiver alimentada.   É caracterizado pelo risco de vida que oferece a quem estiver combatendo o incêndio.

Classe D - potássio em contato com água.
Classe D – potássio em contato com água.

Classe “D” são os que se verificam em metais (magnésio, titânio e lítio). É caracterizado pela queima em altas temperaturas e por reagir com agentes extintores comuns (principalmente os que contenham água).

 

DantasNet

Em Breve...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *